segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Aproveitar um saco de papel // Repurposing a paperbag

Com esta vão-me julgar uma "aproveitadar-ó-dependente"... Pois, mais uma vez enchi um saco para além das suas capacidades e este rasgou. Porém, quando olhei para ele não vi um monte de lixo (reciclável), mas uma oportunidade de :
1. ter dois cordões de algodão pretos de 30 cm
2. ter um pedaço de cartolina crua, fininha
3. ter papel grosso para, entre outras coisas, enviar encomendas.


This time you're going to think that I'm a major "repurpose-junkie"... Well, once again I filled a paper bag beyond its capacity and it tore apart. But, when I lokked at it, instead of seeing a pile of (recycable) trash, I saw an oportunity to get :
1. two 30cm. long black cotton cords
2. one piece of thin, raw construction paper
3. some thick paper to send postal packages, for instance.

:)

8 comentários:

Dama das Camélias disse...

Isso é que se chama aproveitar!!!!
lol

Papgena Made It disse...

Eu os cordões também aproveito sempre, os sacos normalmente uso-os para colocar o papel que vai para a reciclagem. assim quando chego ao papelão é só enfiar!!

Poupadinha disse...

Bem pensado, eu era capaz de ter deitado fora. Às vezes o que é preciso é um pouco de imaginação.

Administrator disse...

Excelente ideia!
Vou estar mais atenta aos (montes de) sacos que tenho cá por casa...
:)
Bjs
Gina
Maçã Dentada

sabi disse...

@Poupadinha e Gina : pois, às vezes é só mesmo olhar para as coisas com outros olhos e vemos 1001 maneiras de as aproveitar :)

twobutterflies disse...

I love re-using. So much better than ending up in a landfill.

Luísa disse...

Ora nem mais eu faço exactamente a mesma coisa :-D
O meu marido chama-me a lixeira cá de casa.... hehehehehehehe
Mas a verdade é que eu acabo sempre por arranjar utilidade para as coisas. :-D

sabi disse...

@twobutterflies : you're absolutely right... if we use a little imagination, we can find tons of new uses for thing we would, otherwise, throw away!
@luísa : pois, eu também tenho essa alcunha... mas é com carinho!