sábado, 21 de agosto de 2010

Passo a publicidade : a cara nova de um chapéu


Deixem-me já que vos diga, eu não gosto de andar a fazer publicidade gratuita*. Ou seja, não gosto de andar com sacos/t-shirts/outro artigo qualquer com um slogan ou marca esparramada.  Porém, às vezes dão-nos certas coisas e é uma pena não usar, porque à parte da frase ou palavra alusiva, até são bastante boas.
Foi assim que surgiu este chapéu. Num dia de muito sol, dei por mim sem chapéu em casa dos “sogros”, ainda tentei improvisar com um lenço, mas ficava com a cabeça quente na mesma. Então, do fundo da despensa surgiu um chapéu de palha ( uma recente perdição minha), mas com uma fita feia a toda a volta e a fazer publicidade a um certo organismo de turismo. Depois das mini-férias, trouxe o chapéu de volta, pois era um de muitos que estavam perdidos pela despensa, mas tinha de tirar aquela frase.
Antes
Tirei então a fita azul e colei a toda a volta outra fita. Com os restos, fiz um laçarote, que cosi com uns pontinhos no meio e ficou logo com outro ar. Sinceramente, ainda não sei se gosto muito dele, usei uma fita que já cá tinha e não sei se é a melhor combinação. Mas se, depois de estranhar, não se entranhar, vou sempre a tempo de comprar um enfeite mais a meu gosto e trocar :)
Depois
Pronto, assim podemos perfeitamente usar aquela t-shirt ou aquele boné ou aquele saco, sem estar a fazer publicidade nem ter de mostrar as imagens, logotipos e slogans (por vezes muito pouco imaginativos), basta arranjar algo para tapar ou substituir.

*A este propósito, no outro dia irritei-me a sério com uma vendedora numa loja : fui comprar uma coisa mínima, que podia perfeitamente caber na minha carteira, sem ter de arrastar mais um saco para casa. Quando disse à senhora que não queria saco ela virou-se e disse que tinha sim senhora de levar o saco, porque assim fazia publicidade à loja….. Eu fiquei embasbacada com a lata dela, de tal modo que nem reagi, peguei no maldito saco e saí. Cá fora, escondi-o dentro das carteira, só para não lhe satisfazer a vontade. Passados alguns minutos, lá me lembrei do que devia ter dito : “Ai é para fazer publicidade? Então dê-me lá um desconto na peça, que eu não trabalho de graça!”. Para a próxima já tenho a boca na ponta da língua!

5 comentários:

Papgena Made It disse...

Que rico chapéu! Também ando com a febre dos chapéus de palha, no outro dia vinha um numa revista que comprei, a tua ideia é boa para lhe dar um bocado de cor...

Bom, a lata da senhora...gostei da tua possível resposta, vou guardá-la para futuras utilizações!!!

krasiva disse...

Grande lata a da senhora. Elas comigo ficam sempre meio espantadas por não querer saco, mas nenhuma teve a lata de dizer essa da publicidade. Agora ainda vou ter mais cuidado para não mostrar as marcas.

sabi disse...

Pois, a lata dela foi grande, a minha é que devia ter estado à altura, mas só me lembro das bocas acertadas quando o momento já passou :S

I Am Momma - Hear Me Roar disse...

Bom trabalho. Obridgada por ter deixado un comment no meu blog.

krasiva disse...

Também sou assim...na altura nunca me sai nada de jeito, e depois encontro a resposta perfeita. mas ainda tenho esperança de um dia dar respostas na hora :(